Vaca Nelore bate recorde em leilão na ExpoGenética 2020

Vaca Nelore bate recorde em leilão na ExpoGenética 2020

PARTILHAR
Fêmea Raffine Col - Nelore PO
Foto: Colonial Agropecuária

Fêmea da raça Nelore, Raffine Col foi comercializada por R$ 780 mil em leilão durante a ExpoGenética 2020 ; animal era da Colonial Agropecuária

Quase um milhão de reais – Esse foi o valor ofertado e que possibilitou a batida do martelo por uma matriz da Colonial Agropecuária em leilão nacional ocorrido na noite dessa sexta-feira, dia 21 de agosto, edição virtual, durante a Expogenética 2020 que acontece desde o dia 15 deste mês e finaliza amanhã, domingo, 23. A vaca Raffine Col foi comprada pelo valor de R$ 780 mil.

Desta forma consolida que Janaúba é a capital do Nelore do Brasil e também é o reconhecimento nacional do trabalho desenvolvido pela Colonial Agropecuária em Janaúba e liderado pelo diretor geral da empresa, José Aparecido Mendes.

Com 33 meses de idade – dois anos e 9 meses – Raffine Col carrega consigo o maior MGTe (Mérito Genético Total Econômico) já vendido pela Colonial Agropecuária. Ao ser apresentada no 6º Leilão Noite Nacional Matrizes Premium, nessa sexta-feira, Raffine Col atraiu para si a atenção de criadores do Brasil.

Fêmea Raffine Col - Nelore PO -- leilao
Fêmea Raffine Col foi destaque no 6º Leilão Noite Nacional Matrizes Premium / Foto: Divulgação

Raffine Col faz parte das matrizes top da seleção Col (Colonial Agropecuária) e tem uma impressionante fertilidade. Ela pariu aos 23 meses de idade. Pesando 710 quilos, Raffine Col consta em seus dados a condição de prenhe em 31 de janeiro de 2020 do touro Real Col.

O animal troca literalmente de endereço, deixando Janaúba, no Norte de Minas Gerais, para incorporar à criação em Tocantins. Isso porque Raffine Col foi adquirida em leilão por R$ 780 mil em lance do criador José Eduardo Mota, no Nelore JEM, de Marianópolis, estado do Tocantins, distante aproximadamente 1.300 quilômetros da Colonial Agropecuária, entre Janaúba e Verdelândia.

Em relação ao mesmo leilão, edição de 2019, neste ano houve um crescimento de 207,62% na média do preço, uma vez que no ano passado teria sido de pouco mais de R$ 15 mil e agora, mais precisamente ontem, dia 21, o preço médio por animal foi de R$ 47 mil. Ressaltando que a fêmea Raffine Col foi destaque ao ser vendida por R$ 780 mil. No geral, as vendas no 6º Leilão Noite Nacional Matrizes Premium tiveram crescimento de 56,53% em relação ao 5º leilão ocorrido em 2019.

De acordo com os dirigentes da Colonial Agropecuária, o atrativo pela seleção Col é a confirmação do papel da Colonial como difusora do material genético da raça Nelore do país na atualidade e isso proporciona a conquista de melhores resultados em desempenho produtivo, habilidade materna, fertilidade e precocidade reprodutiva e melhoramento genético.

Destaque nos touros

Com informações do site Oliveira Júnior Jornalista

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.