Veja os melhores touros Angus para qualidade de carne

Veja os melhores touros Angus para qualidade de carne

PARTILHAR
3 Marias 171 CONVERSOR, excelência no Angus
3 Marias 171 CONVERSOR / Foto: Gabriel Olivera / Ag. El Campo

Angus divulga nova lista de reprodutores melhoradores para produção de carne; animais contam com o selo de seleção qualidade de carne

Após passarem pelo crivo da Associação Brasileira de Angus, 1.459 animais da raça, sendo 851 machos e 608 fêmeas, irão estampar em seus registros genealógicos o Selo Seleção Qualidade de Carne. A chancela, lançada em novembro de 2020, reconhece exemplares Angus superiores em dados de carcaça. Ao todo, 22.200 reprodutores passaram pela avaliação da Angus. No ano passado, 1.089 animais foram condecorados com o selo. Ou seja, hoje, a Angus soma 2.548 reprodutores que se destacam na produção de carne de qualidade com o crivo.

Para o médico veterinário e gerente de Fomento da Associação, Mateus Pivato, o Selo Seleção reforça a importância de selecionar o rebanho para características de carcaça. “Ao avaliarem seus animais através da ultrassonografia de carcaça, os criadores terão em mãos dados que lhes auxiliarão na produção de carne de qualidade. E com o selo, a garantia de que esses possuem genética de ponta para transmitir para as próximas gerações”, destacou. Segundo Pivato, a expectativa é que o número de animais com o crivo venha a crescer, tendo em vista o potencial genético dos exemplares Angus brasileiros.

O Selo Seleção considera reprodutores que estão entre os 20% melhores para Índice Bioeconômico de Carcaça (IBC) e para Percentagem de Gordura Intramuscular (marmoreio), além de terem DEPs positivas para Área de Olho de Lombo (AOL), Espessura de Gordura Subcutânea (EGS) e Espessura de Gordura na Picanha (EGP8). Para participar, os criadores precisam avaliar seus animais no Programa de Melhoramento de Bovinos de Carne (Promebo) e fazerem avaliação dos exemplares por ultrassom de carcaça.

Peça de carne Marbling

Selo Seleção Qualidade de Carne

Mais do que atestar a excelência da carne entregue aos consumidores, a Associação Brasileira de Angus chancela a qualidade dos animais que dão origem aos produtos através do Selo Seleção Qualidade de Carne. Lançado oficialmente em novembro de 2020, o projeto reconhece machos e fêmeas da raça Angus com melhor equilíbrio em dados genéticos de carcaça. Um indicativo que auxilia os produtores a entregarem carcaças com qualidade e padronização à indústria e, consequentemente, produtos Premium com ainda mais marmoreio, sabor e suculência aos consumidores.

Para estampar o selo no registro genealógico de seus animais, as propriedades devem integrar o Programa de Melhoramento dos Bovinos de Carne (Promebo) e realizar avaliação de carcaça por ultrassonografia. A Associação seleciona por meio da análise de dados genéticos os animais que estejam no grupo dos 20% melhores para Índice Bioeconômico de Carcaça (IBC) e para Percentagem de Gordura Intramuscular (marmoreio), além de terem DEPs positivas para Área de Olho de Lombo (AOL), Espessura de Gordura Subcutânea (EGS) e Espessura de Gordura na Picanha (EGP8). Ou seja, se seus animais têm essas características, é uma indicação de que os mesmos podem vir a ter essa chancela.

Usando os filtros e selecionando os melhores animais em IBC, AOL e EGS chegamos aos melhores animais listados abaixo:

melhores animais qualidade de carcaca e carne
Fonte: Promebo / Embrapa

O Selo Seleção Qualidade de Carne faz parte do grupo de chancelas da Associação composta pelos selos Angus, Angus Gold e Angus Sustentabilidade e visa oferecer ao produtor a oportunidade de selecionar seus animais para produção de carne de alta qualidade desde o início do sistema produtivo.

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.