PARTILHAR

Bovino selvagem da Índia pode passar de uma tonelada também chamado de bisão-indiano, possivelmente participou na formação do gado zebu.

O gauro (Gaur – nome científico: Bos gaurus), também chamado de bisão-indiano, é a maior espécie de bovino selvagem do mundo, habita a Ásia e vive em bandos. Segundo estudos o gauro possivelmente participou na formação do gado zebu juntamente com o auroque, ancestral dos bovinos. As maiores populações são encontradas hoje na Índia. Pertence à subfamília Bovinae, que também inclui o bisonte, o gado doméstico, iaque e búfalo. O gauro é maior do que o búfalo africano, búfalos selvagens ou bisões. É também chamado de seladang ou, no contexto do turismo de safari, o “bisonte indiano”.

Gauro-maior-bovino-selvagem-do-mundo
Foto: PJeganathan / Wikipedia

Os machos têm um corpo muito musculoso, com uma crista dorsal distintiva e uma barbela grande (semelhanças com o zebu), que lhes da uma aparência muito poderosa. O gauro tem um comprimento de 250 a 330 cm, com uma cauda longa de 70 a 105 cm. A altura normalmente varia de 142 a 220 cm (até a garupa), com um média de 168 cm nas fêmeas e 188 cm nos machos, que são normalmente 4 vezes mais pesados que as fêmeas.

Gauro-maior-bovino-selvagem-do-mundo
Foto: Divulgação

O peso entre os sexos varia bastante também, entre as fêmeas o peso fica entre 500 e 1 tonelada, já nos machos eles podem chegar até 1,5 toneladas. Os gauros estão entre os maiores animais terrestres existentes, somente os elefantes, rinocerontes, hipopótamos e girafas podem são maiores que está espécie.

macho-femea-e-bezerro-gauro
Família Gauro / Foto: Klaus Rudloff

O gauro tem um bezerro (ou ocasionalmente dois), após um período de gestação de cerca de 275 dias. Os bezerros são desmamados normalmente depois de sete a doze meses. A maturidade sexual ocorre no segundo ou terceiro ano. A vida útil do animal pode chegar até 30 anos.

Tanto os machos como as fêmeas são castanho-escuros, com exceção do joelho e da parte inferior da perna, normalmente são calçados de branco. Seus chifres podem chegar a 1 metro de comprimento, grosso e curvam para trás. Nos machos há uma crista espessa entre os chifres que está ausente nas fêmeas. Os machos também possuem uma crista muscular proeminente ao longo das costas e, às vezes, uma barbela bem proeminente.

No Sudeste Asiático, populações fragmentadas de Gaur ocorrem no Vietnã, no Camboja, no Laos, na Birmânia, na Tailândia e na Malásia peninsular. A espécie também ocorre na maioria dos países do sul da Ásia, incluindo Índia, Nepal, Bangladesh, Butão e partes do sul da China.

Gauro-maior-bovino-selvagem-do-mundo
Foto: Reprodução Imagens Youtube

Confira imagens dos animais a campo

BueLingo: raça de corte americana tem beleza e desempenho aliados

Primo do Nelore que parece antílope, conheça o Kangayan

Tronco inovador tem melhor custo benefício

Outras raças e curiosidades

-- conteúdo relacionado --

Todo o conteúdo áudio visual do CompreRural está protegido pela legislação brasileira sobre direito autoral, sua reprodução é permitida desde que citado a fonte e com aviso prévio através do e-mail jornalismo@comprerural.com

PARTILHAR
Portal de conteúdo rural, nosso papel sempre será transmitir informação de credibilidade ao produtor rural.